Notícias

 
     
     
  08/01/2017 - Campanha teve início em 2013, para sensibilizar a sociedade do quanto é importante cuidar da mente

As estudantes de Psicologia Roberta DAvanzo SantAna e Ana Carolina Ferreira Maia, do Imes, engajaram-se na campanha “Janeiro Branco” e discutem a amplitude da ação na instituição de ensino. Esta é uma campanha que teve início em 2013 com o intuito de se transformar em uma ação global, para sensibilizar a sociedade do quanto é importante cuidar da mente, chamando a atenção de todos para a importância e valorização da Saúde Mental.

“A ideia surgiu através de uma realidade vista em meios de comunicação, um aumento expressivo da violência, suicídio, intolerância e demais situações que podem ocasionar um desequilíbrio emocional nas pessoas, o que pode resultar em transtornos psíquicos. Assim sendo, o Janeiro Branco nos traz a oportunidade de refletir, debater e planejar ações em prol a Saúde Mental”, comentaram as alunas.
A campanha também tem como objetivo a aprovação de uma lei que oficialize o mês de Janeiro como o marco simbólico da luta para melhoria da Saúde Mental e se torne conhecido e prestigiado como o Outubro Rosa, que trata sobre o câncer de mama, e o Novembro Azul, que conscientiza sobre o câncer de próstata.

Palestras gratuitas

O Instituto Ânima, de São José do Rio Preto, promove, nesse mês, nos dias 19, 21 e 26, palestras gratuitas sobre o tema “Quem cuida da mente, cuida da vida!”, com a psicóloga Karina Rodrigues. Para mais informações entrar em contato pelo whatsapp (17) 981190931.










05/01/2017 - As bancas ocorreram no dia 12 de dezembro de 2016, no campus III da Unirp


O professor Felipe Boso Brida, docente das áreas de Comunicação e Artes do Imes Catanduva, integrou três bancas de graduação do curso de Jornalismo no Centro Universitário de Rio Preto (Unirp), campus III, no dia 12 de dezembro do ano passado. Na oportunidade foram apresentados os seguintes Trabalhos de Conclusão de Curso: "Jornalismo Literário: O relacionamento entre o jornalista e a fonte" (escrito por João Vitor Valente Melo e Michele Cristina Morais de Carvalho), “Long Form: Uma forma de apresentar o Jornalismo não-factual” (escrito por Ana Cláudia da Silva Bahia, Gabrielly Bittenbinder Lopes e Luís Felipe Soldeira Regis) e “Abordagem do Jornalismo sobre o consumo de moda e seus impactos socioambientais” (escrito por Dayane Gomes Nogueira e Larissa Santos Martinelli).
Integraram também a comissão avaliadora dos projetos finais dos alunos os jornalistas Harlen Félix e Fabrício Carareto. Os três TCCs apresentados obtiveram aprovação no final.







Professor Felipe Brida



19/12/2016 - Pesquisa também procurou verificar o percentual de pacientes que seguem alguma orientação com o profissional Nutricionista


A Profa . Sandra Cury Pinfildi Manfrin, do curso de Nutrição do Imes Catanduva, publicou, no último mês, novo artigo na revista científica “Higia Ciência” (edição ago/out de 2016, v.2, n.4). Desta vez foi a pesquisa “Avaliação do conhecimento nutricional dos pacientes com Lúpus Eritematoso Sistêmico”, que teve como autora Lívia Oliveira de Lima, graduanda do curso de Nutrição do Imes, e Sandra Cury Pinfildi Manfrin, orientadora do trabalho.
Segundo profa. Sandra, a pesquisa buscou avaliar o conhecimento e estado nutricional de pessoas com lúpus eritematoso sistêmico (LES) e também verificar o percentual de pacientes que seguem alguma orientação com o profissional Nutricionista. “Analisando os resultados obtidos, concluiu-se que 82% das entrevistadas ganharam peso devido ao tratamento e que ainda, 38% estão com sobrepeso. Observou-se também que a grande maioria não faz nenhum acompanhamento com um profissional nutricionista e possuem baixa ingestão de frutas, verduras e legumes, nutrientes esses, fundamentais para a saúde adequada e aporte de micronutrientes essenciais. Portanto, faz-se necessário uma maior conscientização no que se refere a uma alimentação adequada para pacientes portadores do Lúpus Eritematoso Sistêmico, para que possam ter uma melhora no estado clínico, na qualidade de vida e menor susceptibilidade da doença”, concluiu.







Professora Sandra, do curso de Nutrição



13/12/2016 - “A pesquisa buscou investigar os níveis séricos e prevalência de deficiência de vitamina D, bem como verificar o percentual de pessoas que realizaram o exame pela primeira vez em algumas cidades do interior do estado de São Paulo", explicou professor


A Profa. Sandra Cury Pinfildi Manfrin, do curso de Nutrição do Imes Catanduva, publicou, no último mês, artigo na revista científica “Hígia Ciência” – edição ago/out de 2016 (v.2, n.4,), com a pesquisa “Análise da prevalência da deficiência de vitamina D em algumas cidades do interior do Estado de São Paulo”. Os autores foram Daniele Donato Turra (graduanda do curso de Nutrição do Imes) e Sandra Cury Pinfildi Manfrin (orientadora do trabalho).
“A pesquisa buscou investigar os níveis séricos e prevalência de deficiência de vitamina D, bem como verificar o percentual de pessoas que realizaram o exame pela primeira vez em algumas cidades do interior do estado de São Paulo. Analisando os resultados obtidos, concluiu-se que houve um alto percentual de insuficiência e deficiência de vitamina D entre os valores obtidos, podendo ser considerado um resultado preocupante, dada a relevância desta vitamina para a saúde e prevenção de doenças. Verificou-se também que o status inadequado da vitamina D independe da idade ou sexo. Por último, notou-se que os profissionais da área da saúde não investigam com frequência o status da vitamina D nos exames de rotina dos pacientes e este fator faz-se necessário, pois desta forma poderemos prevenir sua deficiência e possíveis complicações”, explicou a professora Sandra.







Professora Sandra, do curso de Nutrição



27/11/2016 - O gabarito estará disponível após as 18:00



Gabarito oficial da prova realizada no dia 27/11/2016







24/11/2016 - Índice de aprovação nacional foi 21,73%, e o do Estado de São Paulo, 25,58%


Doze alunos do curso de Ciências Contábeis do Imes Catanduva foram aprovados no último Exame de Suficiência do Conselho Federal de Contabilidade, realizado em outubro desse ano. A relação foi publicada no Diário Oficial da União na última segunda-feira (21 de novembro). São eles: Alexandre Cruz Matta Garcia (4º ano), André Francisco Vicentim (4º ano), Bleila Aparecida de Lima (4º ano), Breno Fernandes Rodrigues (4º ano), Deise Luana Bailon Galvão (4º ano), Gabriela Fernanda Pereira Neves (4º ano), Guilherme Paizan (4º ano), Letícia Roberta Pronesti (4º ano), Leticia Rossi da Costa (4º ano), Luiz Antonio Brighenti (4º ano), Paulo Henrique de Souza (4º ano) e Samuel Jonatas Consoline (4º ano). Aplicado duas vezes por ano em todo o País, o Exame de Suficiência é prova obrigatória para a obtenção ou restabelecimento de registro no Conselho Regional de Contabilidade (CRC), regulamentado pela Resolução CFC nº 1.373, de 8 de dezembro de 2011. Ele visa comprovar conhecimentos técnicos dos conteúdos programáticos dos cursos de Contabilidade, e para a aprovação, é necessário obter, pelo menos, 50% dos pontos.
“Os estudantes do Imes são dignos de méritos, pois ainda estão em formação, quando da realização do Exame. Eles não tinham ainda trabalhado em sala de aula todo o conteúdo programático do último ano de graduação, e mesmo assim foram aprovados, o que é um orgulho para todos nós da faculdade. Isto demonstra bem a qualidade de ensino do Imes, bem como o empenho e o profissionalismo do nosso corpo docente”, ressaltou a diretora do Imes, Profª Maria Lúcia Miranda Chiliga.
Para prestar o Exame é necessário ter concluído o curso de Ciências Contábeis ou de Técnico em Contabilidade ou estar cursando o último ano letivo do curso de nível superior.
O índice de aprovação nacional foi 21,73%, o do Estado de São Paulo, 25,58%, e o maior índice por Unidade da Federação foi de 35,65%, do Estado de Santa Catarina. Já o índice do IMES Catanduva, dos alunos do 4º ano apenas, foi de 40% no Exame 2016-2 e 60% no Exame 2016-1, superando o maior índice estadual.
Para verificar a lista com a relação dos aprovados, acesse o site:

http://cfc.org.br/wp-content/uploads/2016/11/Lista_aprovados_12_Exame.pdf







18/11/2016 - Mobilização começa na segunda-feira, dia 21, e segue até dia 25/11

A partir da próxima segunda-feira, dia 21, diversas instituições de Catanduva se juntarão para promover a “Campanha de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher”, evento pioneiro em nossa cidade. Ao longo da semana haverá intervenção teatral, bate-papo, orientações ao público e panfletagens, tendo como objetivo debater os diversos tipos de violência contra mulher, não só em ações de combate, mas com dimensões de prevenção, de assistência e de garantia ao direito das mulheres. O evento foi organizado pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Secretaria de Assistência Social, Centros de Referência em Assistência Social (Cras), Comissão da Mulher Advogada da 41º Subcesão da OAB Catanduva, Instituto dos Deficientes Visuais de Catanduva (IDVC) e pelas estudantes do 4º ano de Psicologia do Imes Catanduva, Roberta D`Avanzo Sant`Ana e Ana Carolina Ferreira Maia.
“Esse ano a campanha vem com uma inovação, o público-alvo será os adolescentes. Pensando que crianças e adolescentes presenciam a violência em seu convívio familiar, se estes não receberem devidas orientações, poderão assimilar e reproduzir esse comportamento. No cenário nacional podemos acompanhar que cada dia aumenta mais o número de adolescentes agressores de suas namoradas, esposas ou até mesmo das próprias genitoras, portanto é preciso que esses jovens não se tornem agressores, assim possamos evitar que surjam novos casos de vítimas no cenário da violência contra mulher”, comentou a coordenadora do Creas Catanduva, Nilva Alves dos Santos Flores.
Abaixo segue a programação completa da Campanha.

Campanha de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher

21/11/2016 – Segunda-feira

Local: Programa Beneficente Cidadão do Futuro
Horário: 8h (manhã)
Endereço: Rua Guaporé, 720 – Vila São Jorge
Intervenção: Intervenção teatral, orientações de prevenção e reflexão com os adolescentes.
Público: Adolescentes do Programa
Local: Programa Beneficente Cidadão do Futuro
Endereço: Rua Guaporé, 720 – Vila São Jorge
Horário: 14h (tarde)
Intervenção: Intervenção teatral, orientações de prevenção e reflexão com os adolescentes.
Público: Adolescentes do Programa
Local: CREAS
Endereço: Rua 13 de Maio, 1260 – Centro
Horário: 18h (noite)
Intervenção: Intervenção teatral, reflexão da equipe técnica do CREAS com os adolescentes e orientações da Comissão da Mulher Advogada aos pais .
Público: Adolescentes em Cumprimento de Medida Sócioeducativa, os pais destes adolescentes e adolescentes da Casa Lar

22/11/2016 – Terça-feira

Local: Cras Imperial / PDST
Endereço: Rua Av. Porto Novo, 498 – Jardim Imperial
Horário: 14h (tarde)
Intervenção: Intervenção teatral, orientações de prevenção e reflexão.
Público: Adolescentes do Programa Ação Jovem e do Plano de Desenvolvimento Sócio Territorial (PDST) do Nova Catanduva
Local: Legião Mirim
Endereço: Rua Municipal, 1140 – Higienópolis
Horário: 15:3oh (tarde)
Intervenção: Intervenção teatral, orientações de prevenção e reflexão.
Público: Adolescentes
Local: Clube de Mães e Associação Pão Nosso Padre Osvaldo
Endereço: Rua São Leopoldo, 90 – Bom Pastor
Horário: 14h (tarde)
Intervenção: Orientações das advogadas da Comissão da Mulher da OAB e da equipe técnica do CREAS.
Público: Participantes do Clube de Mães e do Pão Nosso

23/11/2016 – Quarta-feira

Local: CRAS Bom Pastor / Cras Juca Pedro
Endereço: Av. Pastor J. Dutra de Moraes, 99 – Bom Pastor
Horário: 13:30h (tarde)
Intervenção: Intervenção teatral, orientações de prevenção e reflexão.
Público: Adolescentes do Programa Ação Jovem do CRAS Bom Pastor e CRAS Juca Pedro
Local: Escola de Futebol Padre Osvaldo
Endereço: Rua São Leopoldo 90, Bom Pastor
Horário: 14:30h (tarde)
Intervenção: Intervenção teatral, orientações de prevenção e reflexão.
Público: Crianças e adolescentes participantes do Escola de Futebol

24/11/2016 – Quinta-feira

Local: Escola Municipal Graciema Ramos da Silva
Endereço: Rua Antônio Zancaner, 630 – Solo I
Horário: 8h(manhã)
Intervenção: Intervenção teatral, orientações de prevenção e reflexão.
Público: Alunos do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental
Local: Escola Municipal Graciema Ramos da Silva
Endereço: Rua Antônio Zancaner, 630 – Solo I
Horário: 13:30h (tarde)
Intervenção: Intervenção teatral, orientações de prevenção e reflexão.
Público: Alunos do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental
Local: Senac
Endereço: Rua Santos, 300 – Centro
Horário: 19h (noite)
Intervenção: Intervenção teatral e orientações das advogadas da Comissão da Mulher Advogada da OAB
Público: Todos os estudantes do Senac


25/11/2016 – Sexta-feira

Pedágio – Panfletagem na Rua
Locais: Semáforos da Rua Brasil com a Rua Minas Gerais, Semáforos da Rua Maranhão com a Sergipe
Horário: 9h (manhã)
Equipe: Participação de todos os parceiros envolvidos na Campanha
Intervenção: Orientações de prevenção para as pessoas que estiverem transitando pelo local e entrega de panfletos.







Reunião para discussão das atividades da Campanha


Reunião para discussão das atividades da Campanha



17/11/2016 - No final da sessão haverá debate mediado pelos professores do Imes Felipe Brida e Lilian Cantelle

O Imes Catanduva promove, no dia 26 de novembro, o último Cine Debate de 2016, com a exibição do premiado drama brasileiro com ficção científica “Branco sai, preto fica” (2014). Novamente em parceria com o Sesc Catanduva, a sessão, gratuita e aberta ao público, será às 14h no estúdio de Rádio e TV do Imes (Rua Minas Gerais, 713 – Centro). No final haverá debate mediado pelos professores do Imes Felipe Brida e Lilian Cantelle.

Sinopse:

Brasília, anos 80. Tiros em um baile black na periferia da capital ferem dois homens. Um terceiro vem do futuro para investigar o acontecido e provar que a culpa é da sociedade repressiva.










16/11/2016 - Congresso foi realizado no dia 25 de outubro


Cinco estudantes dos cursos de Matemática e Pedagogia do Imes Catanduva participaram, no dia 25 de outubro, do “IX Congresso de Iniciação Científica nas Faculdades Integradas Padre Albino (Fipa)”, onde puderam apresentar trabalhos científicos, todos orientados pelo Prof. M.Sc. Fabricio Eduardo Ferreira.
Do curso de Matemática participaram as alunas Isabel Ramos Oliveira, com o trabalho "Algumas atividades envolvendo Realidade Aumentada para a aprendizagem de conceitos geométricos"; e Amanda Moreira de Souza Santos e Flávia Adriana Pinto, com o trabalho "As operações matemáticas com números naturais para alunos surdos-mudos utilizando aplicativo de Libras". Já de Pedagogia, Anaize Fernanda Costa e Gicelli Kondo F. Palma apresentaram o trabalho "Tópicos avançados da matemática para crianças com Altas Habilidades nos anos finais do Ensino Fundamental I".










15/11/2016 - Pesquisa procurou avaliar a atividade antimicrobiana de extratos aquosos de anis estrelado, canela em pau, cardamono, cravo-da-índia, erva doce, mostarda amarela, noz-moscada, pimenta-da-jamaica e pimenta rosa


A Profa. Dra. Maria Luiza Silva Fazio, do curso de Nutrição do Imes Catanduva, publicou no último mês artigo na revista científica “Higiene Alimentar” – edição setembro/outubro de 2016 (v. 30, n. 260/261). A pesquisa, de “Atividade Antimicrobiana de Especiarias Sobre o Desenvolvimento Bacteriano”, teve, como autora, Tairine Tamara Binatti, ex-aluna do curso de Nutrição, Mairto Roberis Geromel, técnico de laboratório do Imes, e Maria Luiza Silva Fazio, orientadora do trabalho.
“A pesquisa procurou avaliar a atividade antimicrobiana de extratos aquosos de anis estrelado, canela em pau, cardamono, cravo-da-índia, erva doce, mostarda amarela, noz-moscada, pimenta-da-jamaica e pimenta rosa, sobre algumas bactérias (Bacillus cereus, Bacillus subtilis, Salmonella Typhimurium, Samonella Enteritidis e Staphylococcus aureus). Analisando os resultados obtidos, concluiu-se que o extrato aquoso de cravo-da-índia forneceu o melhor resultado, uma vez que inibiu significativamente três das cinco bactérias testadas (S. aureus, Salmonella Enteritidis e S. Typhimurium). Tais resultados demonstram que o cravo-da-índia pode representar uma alternativa para a preservação de alimentos, substituindo substâncias químicas”, explicou a professora Maria Luiza.










07/11/2016 - Evento, realizado no anfiteatro da Unilago, teve como tema “A Psicanálise e suas vertentes”


Alunas do curso de Psicologia do Imes Catanduva marcaram presença na “I Jornada de Psicologia da Unilago”, realizada no anfiteatro da faculdade em São José do Rio Preto, no dia 15 de outubro. O evento teve como tema “A Psicanálise e suas vertentes”.
Na programação da Jornada, palestras e bate-papo com abordagens de Jung, Freud e Lacan, conduzidas por profissionais como Dra. Fabiana Augusta Donatti (que tratou o tema “Dinâmica de Integração clínica na visão Junguiana”), Profa. Mônica Soares (com o tema “Psicanálise e interfaces da atualidade”), Dra. Daniela Giorgenon (com o tema “Freud, Lacan e o Inconsciente”) e a Especialista em Intervenção Sistêmico Familiar Inaiá Franco Barêa (com o tema “Atuando como terapeuta sistêmico no século XXI”).
“O conhecimento, além de prazeroso, promove a mudança, um novo olhar e o desejo de poder ajudar o outro de alguma forma”, comentaram as estudantes Michele Pereira, Camila Luzia, Letícia da Costa Nunes, Andreza Garcia Kina e Tatiana Lamanna Lopes, que participaram da Jornada.










03/11/2016 - Pesquisa aborda a atividade antibacteriana de açafrão, cominho, estragão, endro e tomilho


A professora Dra. Maria Luiza Silva Fazio, docente no curso de Nutrição do Imes Catanduva, participou do “XXIV Congresso Brasileiro de Nutrição”, promovido entre os dias 26 e 29 de outubro no Centro de Eventos FIERGS, em Porto Alegre (RS). No evento teve a oportunidade de apresentar a pesquisa “Atividade antibacteriana de extratos aquosos de açafrão, cominho, estragão, endro e tomilho”, desenvolvida por Thaís Possetti Sangaleti, ex-aluna do curso de Nutrição, sob sua orientação, e com a participação do técnico do laboratório de Nutrição do Imes, Mairto Roberis Geromel. O “XXIV Congresso Brasileiro de Nutrição” é considerado um dos mais importantes da área realizados no Brasil.
"Os resultados evidenciaram os fenômenos de sinergismo e antagonismo, com destaque para a combinação sinérgica entre cominho e tomilho, capaz de inibir três das cinco bactérias empregadas”, comentou a professora Maria Luiza.










02/11/2016 - Comédia foi indicada ao Urso de Ouro no Festival de Berlim


O Cine Debate do Imes Catanduva, novamente em parceria com o Sesc Catanduva, exibe, neste sábado (dia 05), a comédia dramática francesa “Amar, beber e cantar” (2014), último filme do diretor Alain Resnais, falecido em 2014 e indicado ao Urso de Ouro em Berlim e vencedor do prêmio Fipresci no mesmo festival. A sessão é gratuita, aberta ao público, a partir das 14 horas, no estúdio de rádio e TV do Imes (Rua Minas Gerais, 713 – Centro). No final haverá um debate mediado pelos professores do Imes Felipe Brida e Lilian Cantelle.

Sinopse:

Um grupo de teatro amador está ensaiando uma nova peça, quando uma notícia triste abala a todos: George, amigo próximo da trupe, está doente. De acordo com os médicos, ele tem seis meses de vida. Enquanto as mulheres do grupo começam a relembrar a antiga paixão pelo mulherengo George, os homens têm uma ideia inusitada: e se o amigo doente fosse chamado para interpretar um dos personagens da peça?










01/11/2016 - Serão quatro palestras em dois dias de evento


O curso de Publicidade e Propaganda do Imes Catanduva realiza, nos dias 03 e 04 de novembro, a “XVII Semana de Comunicação (Secom), no auditório do Senac, com entrada gratuita. Abaixo segue a programação das quatro palestras programadas para este ano.










18/10/2016 - Amanhã, dia 19, Imes realizará palestra no Sesc como abertura do NAF


A diretora do Imes Catanduva, Professora Maria Lucia Miranda Chiliga, e o coordenador do curso de Ciências Contábeis e vice-diretor do Imes, Prof. Luiz Antonio Bertolo, juntamente com os representantes da Delegacia da Receita Federal do Brasil de São José do Rio Preto, Sr. Sérgio Luiz Alves e o Sr. Mauro José da Silva, assinaram, no último dia 13, um Acordo de Cooperação Técnica para a implantação de um Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal (NAF), que irá promover maior interação entre a Receita Federal (RFB), o Imes, alunos e sociedade. O acordo também irá propiciar, por meio da cooperação mútua, a qualificação de futuros profissionais contábeis e a prestação de serviços fiscais a contribuintes hipossuficientes, com vistas ao fortalecimento da imagem de ambos perante a sociedade e ao desenvolvimento da moral tributária e cidadania.
“O NAF é um projeto desenvolvido, em regra, por Instituições de Ensino Superior (IES) possuidoras de cursos de Ciências Contábeis, incentivado e apoiado pela Receita Federal do Brasil, por meio do qual se busca como objetivos proporcionar aos estudantes a formação sobre a função social dos tributos e dos direitos e deveres associados à tributação; qualificar o futuro profissional por meio de uma vivência prática, proporcionando a aplicação prática do seu aprendizado acadêmico, assim como a geração de conhecimento acerca das obrigações tributárias diante de discussões, criação de palestras, grupos de estudo, treinamentos e visitas guiadas à RFB; e disponibilizar a orientação contábil e fiscal pelos estudantes universitários a pessoas físicas de baixa renda, bem como a micro-empresas, micro-empreendedores individuais e entidades sem fins lucrativos”, comentaram Maria Lúcia Chiliga e Luiz Bertolo.
Como finalidade, o NAF busca desenvolver atividades que visam atender aos princípios de responsabilidade que norteiam a Instituição de Ensino Superior, expressando o compromisso social com a comunidade na qual está inserida.
“É importante observar que os NAF não são extensões dos postos de atendimentos da Receita Federal e não substituem os escritórios de contabilidade”, frisaram a diretora e o vice-diretor do Imes.
Atualmente existem 146 NAF formalizados no Brasil e mais 200 em 10 países da América Latina.

Evento

Amanhã, dia 19, o Imes Catanduva promoverá uma palestra no Sesc Catanduva, às 19h30, como abertura do NAF na faculdade. O palestrante, Eduardo Augusto Caimbro, virá a Catanduva especialmente para o evento.
“É o Imes sempre está avançando cada vez mais na prestação de serviços à comunidade”, finalizou a diretora Maria Lúcia Chiliga.







Diretora Maria Lucia e vice-diretor Luiz Bertolo assinam Acordo