Notícias

 
     
     
  19/11/2018 - Obra já está à venda pelo site da editora CRV


O professor do Imes Edison Bariani Junior lançou, no último dia 13, seu novo livro, “O labirinto de Dédalos – A ideia de mundo como horizonte da existência humana”. A obra tem 154 páginas e saiu pela editora CRV.
O tema envolve concepções de mundo no pensamento ocidental, bem como traz a tentativa de definição dessa importante ideia e distingui-la tanto de um pretenso conceito de mundo quanto da ideia e/ou conceito de sociedade. “O livro começou como um capítulo inicial das minhas investigações sobre uma epistemologia da sociologia, mas se rebelou e ganhou vida própria, tornando-se um livro. Não é um livro de filosofia, mas de sociologia, que discute questões como ‘O que é o mundo e como ele se constitui’, ‘Se é possível conhecê-lo e por quais meios’? Estes e outros pontos permeiam as inquietações deste livro, que rastreia certa tradição do pensamento ocidental na ânsia de apreender o significado do lócus da existência humana e suas implicações na compreensão da vida. A ideia – e não o conceito – de mundo estaria assim imbricada à vida (tanto individual quanto coletiva) e às correspondentes visões de mundo, cuja influência afeta a concepção racional dos homens a respeito da sua existência localizada. Entretanto, seria a vida e o mundo passíveis de um aprisionamento conceitual pela ciência? Podemos conhecer racionalmente a vida? O mundo pode ser cientificamente explicado? Pode a ciência nos dizer como viver?”, comentou o professor Edison Bariani.
O livro demorou três anos para ficar pronto. Segundo Bariani, ele contribui para a sociologia contemporânea no sentido de que retoma a teoria sociológica a partir da filosofia e separa a ideia de mundo do conceito de sociedade. “Demarca, assim, o social do histórico e filosófico, legando à sociologia a precisão de seu objeto, que é a sociedade e o social em particular, e não o mundo”, finalizou.
Doutor e pós-doutor em Sociologia, Bariani é autor dos livros “Administração pública no Brasil: breve história política” (com Christina W. Andrews), “A sociologia no Brasil: uma batalha, duas trajetórias (Florestan Fernandes e Guerreiro Ramos)”, “Guerreiro Ramos e a redenção sociológica: capitalismo e sociologia no Brasil”, “Uma sociologia abortada: Tobias Barreto e a crítica da sociologia no Brasil” e “A sociedade como ficção: romance e interpretação social no Brasil do século XIX”.
“O labirinto de Dédalos – A ideia de mundo como horizonte da existência humana” já está à venda pelo site da editora, por meio do link https://editoracrv.com.br/produtos/detalhes/33511-o-labirinto-de-dedalos-bra-ideia-de-mundo-como-horizonte-da-existencia-humana







Capa do livro



15/11/2018 - Professora representou o Imes no importante Congresso


A professora Dra. Maria Luiza Silva Fazio, docente do curso de Nutrição do Imes Catanduva, participou do “XXIV Congreso Latinoamericano de Microbiología - ALAM 2018”, promovido entre os dias 13 e 16 de novembro no Centro de Eventos y Convenciones Centroparque, em Santiago - Chile. No evento teve a oportunidade de apresentar duas pesquisas desenvolvidas sob a sua orientação: “Atividade antimicrobiana de plantas alimentícias não convencionais (PANCs) sobre algumas bactérias”, desenvolvida pela aluna Larissa Gonsales Paulino e com a participação do técnico do laboratório de Nutrição do Imes Mairto Roberis Geromel, e “Ação antibacteriana de óleos essenciais de laranja, limão siciliano e mandarina verde”, desenvolvida pelos ex-alunos Viníccius Silva de Almeida, Mateus Tonelli e com a participação de Mairto Roberis Geromel. O “ALAM 2018” é considerado um dos mais importantes da área realizados na América Latina, e na edição deste ano reuniu 1600 participantes de 26 países.


















14/11/2018 - Para verificar a lista com a relação dos aprovados, acesse o site: http://www.cfc.org.br


O Imes Catanduva está em clima de festa! Quatro alunas do 4º ano de Ciências Contábeis da instituição foram aprovadas no último Exame de Suficiência do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), realizado em 09 de outubro de 2018. O resultado foi publicado no site do Conselho Federal de Contabilidade esta semana. São elas: Amanda Grava da Silva, Graziele Cristina de Oliveira, Larissa Barbosa Belíssimo e Michele Braga dos Santos Nascimento.
O coordenador do curso de Contábeis do Imes, professor Luiz Bertolo, parabenizou as alunas. “Ficamos imensamente felizes pelo desempenho delas, o que ajuda a elevar a qualidade de ensino da nossa instituição”, comentou.
Aplicado duas vezes por ano em todo o País, o Exame de Suficiência é prova obrigatória para a obtenção ou restabelecimento de registro no Conselho Regional de Contabilidade (CRC), regulamentado pela Resolução CFC nº 1.373, de 8 de dezembro de 2011. Ele visa comprovar conhecimentos técnicos dos conteúdos programáticos dos cursos de Contabilidade, e para a aprovação, é necessário obter, pelo menos, 50% dos pontos.
Para prestar o Exame é necessário ter concluído o curso de Ciências Contábeis ou de Técnico em Contabilidade ou estar cursando o último ano letivo do curso de nível superior.
Para verificar a lista com a relação dos aprovados, acesse o site: http://www.cfc.org.br







09/11/2018 - EDITAL Nº 16/2018 CANCELAMENTO DA LICITAÇÃO OBJETO DO EDITAL Nº 15/2018 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 08/2018


Clique aqui para acessar o edital...




03/11/2018 - Público lotou o auditório da Biblioteca Municipal para conferir a palestra


O Imes Catanduva, em parceria com a Prefeitura de Catanduva, promoveu a palestra “Como se preparar para o eSocial?” no dia 30 de outubro, à noite. Realizado no auditório da Biblioteca Municipal de Catanduva, o evento contou com a participação de 110 pessoas, dentre elas alunos, ex-alunos, funcionários e professores do Imes, além de público externo. A palestra foi conduzida pela Profa. Ariane Zambrano Queiroz, educadora, consultora de Recursos Humanos e especialista em Direito do Trabalho para Gestão de Pessoas. “O resultado foi um sucesso! O auditório estava cheio, com muitos interessados para conhecer o assunto. Agradecemos a participação tanto da palestrante, Ariane, quanto do apoio da diretora do Imes, Profa. Maria Lucia Miranda Chiliga, bem como a Prefeitura, ao Delegado do Conselho Regional de Contabilidade Dr. Fernando Baldan Neto, e a participação de professores, ex-professores, alunos e ex-alunos da nossa instituição”, comentou o professor Luiz Antonio Bertolo, coordenador do curso de Contábeis do Imes.












01/11/2018 - EDITAL DE LICITAÇÃO Nº 15/2018 TOMADA DE PREÇO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 08/2018


Clique aqui para acessar o edital...




31/10/2018 - No dia 17 todos os cursos participaram de duas palestras especiais


Durante o mês de outubro, o Imes Catanduva promoveu uma série de ações pensando no “Outubro Rosa”, a fim de estimular a comunidade acadêmica a aprender e compartilhar informações sobre o câncer de mama. As atividades procuraram auxiliar na conscientização sobre a doença, informando sobre o acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e assim contribuir para a redução da mortalidade. No dia 17 deste mês todos os cursos do Imes se mobilizaram no campus para participar de duas palestras: “O que saber sobre câncer de mama?”, ministrada pelo Dr. Eduardo Rogerio Malaquias Chagas (médico), e “Conhecendo a Sempre Viva”, conduzida pela presidente da ONG Sonia Ceneviva. “Todos os alunos puderam participar de debates e apresentações sobre o tema, assim como ganharam brindes que contribuem diretamente para disseminar informações sobre prevenção e detecção precoce da doença”, comentou o Prof. Dr. João Ricardo Araújo dos Santos, coordenador de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão do Imes Catanduva.














05/10/2018 - Obra reúne artigos dos professores da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS)

Professor do curso de Direito do Imes Catanduva, José Péricles de Oliveira é um dos organizadores do livro “Constituição e processo”, juntamente Roberta Alessandra Pantoni e Juliano Gil Alves Pereira, todos docentes do curso de Direito da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) - Unidade de Paranaíba. A obra, lançada por Pedro & João Editores, é uma coletânea de artigos elaborados pelos três professores isoladamente ou em conjunto com outros pesquisadores, os quais se dedicaram a falar sobre Constituição e Processo dentro do cenário jurídico atual. “A obra pretende ser, em razão da abrangência dos temas tratados nos vários artigos que a edificam, material de pesquisa de excelência que certamente contribuirá aos estudos e debates sobre os caminhos a serem trilhados pelo Direito processual no contexto do constitucionalismo contemporâneo. Não se pode perder de vista a importância da norma fundamental sobre as demais disposições que formam o arcabouço normativo de qualquer ordenamento jurídico. Entende-se tradicionalmente que o ordenamento jurídico consiste em um sistema unitário de normas em perfeita harmonia umas com as outras, formando um todo coerente. Nele se verifica, portanto, a existência de um sistema escalonado de normas no qual as hierarquicamente inferiores devem estar em conformidade com as normas superiores”, comentou o professor José Péricles.
De acordo com Péricles, deve-se ter em mente, no entanto, que a validade meramente formal das normas, já não atende mais aos anseios sociais que emergem de sociedades que se pretendem democráticas e pluralistas. “É possível afirmar, portanto, que as normas apenas serão eficazes a partir do momento em que a Constituição figurar como instrumento de compatibilização entre os interesses do Estado e da sociedade civil. Esta preocupação foi, e tem sido, num processo de aperfeiçoamento textual, amplamente contemplada na Constituição Federal pátria, pois, são inúmeros são os dispositivos constitucionais que vão além da simples sedimentação do Estado e da fixação de seus objetivos. Além de várias regras que, a rigor, deveriam ser alocadas na legislação ordinária, trouxe ela uma plêiade de princípios que passaram a constituir, ao lado dos direitos
fundamentais, o núcleo material da constituição”.
Neste sentido, os autores/organizadores se propuseram a levantar o debate, conjugando, na presente obra, artigos sobre temas que resgatam tal discussão.









Prof. José Péricles



03/10/2018 - Exclusivamente neste mês não haverá debate (apenas a sessão).


O Cine Debate do Imes Catanduva traz, neste mês de outubro, a penúltima exibição de cinema do ano, desta vez com o filme “Na ventania” (2014), um poderoso drama produzido na Estônia vencedor de dezenas de prêmios internacionais. Escrito e dirigido pelo jovem cineasta de seu país Martti Helde, o filme será exibido no dia 20 de outubro, sábado, às 14h, no auditório do Senac Catanduva. O evento, em parceria com o Sesc e o Senac Catanduva, é gratuito e aberto ao público. Exclusivamente neste dia não haverá debate (apenas a sessão, das 14h às 15h40).

Sinopse

Estônia, Segunda Guerra Mundial. A jovem Erna é separada do marido e mandada para um campo de trabalho forçado junto com a filha. Sob maus tratos, ela tenta se comunicar com o marido preso, por meio de cartas.

Cine Debate

O Cine Debate, um projeto de extensão criado pelo curso de Psicologia do Imes Catanduva, completou seis anos de existência, com uma rica programação de filmes cultuados. A programação deste ano encerra-se no próximo mês com a sessão da comédia dramática espanhola “Viver é fácil com os olhos fechados” (2013, 108 min), no dia 24/11, a partir das 14h, no auditório do Senac Catanduva.










01/10/2018 - Sipat da Usina Virgolino, em Ariranha, foi realizada no início do mês passado


Alunos do 4º ano de Fisioterapia do Imes Catanduva participaram, junto com a professora Ms. Noeli Pagani, de uma ação preventiva na Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT) da Usina Virgolino de Oliveira, em Ariranha (SP), no dia 06 de setembro, no período matutino. Lá apresentaram uma palestra preventiva com o tema “Intervenções Ergonômicas no Ambiente de Trabalho”, para os funcionários da oficina automotiva, num total de 30 pessoas.
“Após a palestra, houve um momento para tirar dúvidas dos colaboradores e finalizamos nosso trabalho com a cinesioterapia laboral (ginástica laboral). Foi um momento de grande satisfação aos acadêmicos, poder colocar em prática os aprendizados recebidos em sala de aula e contribuir com a população do local. Além, claro, de conhecer outro ambiente de trabalho, onde a Fisioterapia também atua”, comentou a professora Noeli.
Estiveram presentes na atividade os seguintes alunos do 4º ano de Fisioterapia do Imes Catanduva:

Felipe Aparecido Ribeiro
Igor José Rodrigues
Isabela Cerquiari
Josiéle do Carmo Belmonte
Maria Julia Silverio
Midian Michele de Carvalho Roque
Mariana Zanardi Lopez














30/09/2018 - Evento contará com várias atividades, na próxima semana


O Imes Catanduva, por meio do curso de Psicologia, promove, a partir da próxima semana, a “XII Semana de Psicologia do Imes Catanduva”, este ano com o tema “Psicologia e saúde mental: Promoção, intervenção e cuidado”. O evento será de 8 a 11 de outubro, sempre a partir das 19h30, e a programação contará com oficinas, mesa redonda, palestras e minicursos. Inscrições limitadas até o dia 05 de outubro, na tesouraria do Imes (telefone 3531-2200). Abaixo a programação completa.












25/09/2018 - Pesquisa envolveu arruda, boldo chileno, camomila egípcia, carqueja e erva cidreira.


A ex-aluna do curso de Nutrição do Imes Catanduva Daniela Rodrigues dos Santos (foto abaixo) publicou recentemente artigo na revista científica “Hígia Ciência” (v. 4, n. 1), sob a orientação da Profa. Dra. Maria Luiza Silva Fazio. O título do trabalho é “Ação antimicrobiana de arruda, boldo chileno, camomila egípcia, carqueja e erva cidreira”, com autoria ainda de Mairto Roberis Geromel, técnico de laboratório do Imes.
De acordo com a professora Maria Luiza, o estudo avaliou a atividade antimicrobiana dos extratos aquosos de plantas medicinais usadas no preparo de chás - arruda, boldo chileno, camomila egípcia, carqueja e erva cidreira, e dos mesmos combinados entre si, sobre algumas bactérias, como Bacillus cereus, Bacillus subtilis (ATCC 6633), Salmonella Typhimurium (ATCC 14028), Salmonella Enteritidis e Staphylococcus aureus (ATCC 22923). “O extrato de carqueja apresentou o maior espectro de ação, uma vez que inibiu de forma mais eficaz todos os microrganismos. A ação mais eficiente foi observada no extrato de carqueja sobre B. subtilis. S. Enteritidis foi a bactéria inibida pelo maior número de extratos (7). A ação antibacteriana mais eficaz foi constatada para o extrato aquoso de carqueja”, comentou.







ágina da revista com o artigo


Ex-aluna do Imes publicou artigo



24/09/2018 - Segunda edição do evento foi realizado de 17 a 21 de setembro


Entre os dias 17 e 21 de setembro o Imes Catanduva promoveu o “2º Simpósio - Profa. Maria Heleny Fabbri de Araújo”, que neste ano contou com o tema “Diálogos do passado, presente e futuro”. Foram cinco dias com uma extensa programação (mesas redondas com ex-alunos, palestras de professores e profissionais convidados, apresentações de trabalhos de alunos e momentos artísticos), realizada no campus, no período da noite.
A abertura teve a apresentação do Coral Vozes de Catanduva, projeto das Oficinas Culturais da Secretaria de Cultura, em parceria com a Secretaria de Educação, formado por 40 crianças da Rede Municipal de Ensino e com regência de Martha Ocon, e o encerramento contou com o Coral do IFSP – Campus Catanduva.
De acordo com o Prof. Dr. João Ricardo Araújo dos Santos, coordenador de Pós-gradução, Pesquisa e Extensão do Imes Catanduva e coordenador geral do Simpósio, esta segunda edição do evento homenageou postumamente a figura da professora Maria Heleny Fabbri de Araújo, ex-diretora do Imes, e mais uma vez envolveu toda a comunidade do Imes, estudantes e profissionais da região para discutir ideias fundamentais para a sociedade atual. “Foi uma semana voltada ao debate e enfrentamento de temas relevantes. O evento procurou promover o conhecimento sistematizado sobre temáticas importantes das diversas áreas do conhecimento tendo como enfoque a efetivação da divulgação das pesquisas realizadas pelos docentes e discentes do Imes e das instituições de ensino parceiras”, comentou.
O 2º Simpósio contou com o apoio da Prefeitura de Catanduva, através de suas Secretarias de Educação, Cultura e Comunicação. “O evento teve centenas de participantes que puderam enriquecer seu conhecimento através de mesas redondas e palestras que ocorreram no Imes e em espaços da cidade como a Biblioteca Municipal. No ano em que Catanduva comemora seu centenário, pudemos deixar evidente a importância da nossa marca para a formação e a transformação de profissionais que ajudam a alavancar a economia de Catanduva e região”, finalizou o Prof. Dr. João Ricardo.












18/09/2018 - Simpósio continua durante a semana com apresentações de trabalhos de alunos e ex-alunos


O Imes Catanduva abriu na noite de ontem o “2º Simpósio - Profa. Maria Heleny Fabbri de Araújo”, este ano com o tema “Diálogos do passado, presente e futuro”, cuja programação segue até sexta-feira, dia 21 de setembro. Na abertura participou o Coral Vozes de Catanduva, projeto das Oficinas Culturais da Secretaria de Cultura, em parceria com a Secretaria de Educação, formado por 40 crianças da Rede Municipal de Ensono e com regência de Martha Ocon. Em sequência houve mesas redondas de diversas áreas, com a participação de alunos, ex-alunos e professores, dentre elas “Profissão Contábil: O passado e suas perspectivas futuras”, “Práticas de pesquisa e atualização em Psicooncologia” e “Fisioterapia – Seu passado, o presente e as perspectivas futuras”.
O simpósio contará também esta semana com apresentação de trabalhos de alunos e ex-alunos, no período da noite, no campus, e diversas outras atividades. Confira a programação completa no site http://www.fafica.br/simposio/index.php
































12/09/2018 - Ação envolveu 479 alunos e dezenas de professores e funcionários, no dia 29 de agosto, no campus


A equipe da Secretaria Municipal de Saúde, encabeçada pelo microscopista Diego Palmieri, esteve no campus do Imes Catanduva na noite do dia 29 de agosto para orientações especiais a alunos, professores e funcionários sobre os perigos que o vetor Aedes aegypti tem representado ao município de Catanduva e região. No total 479 alunos foram informados na ação que teve o objetivo de alertar a população sobre o início do período chuvoso, que beneficia sobremaneira o vetor do mosquito devido à abundância de água e que contribui para o nascimento de ovos que já se encontravam em estado de "hibernação".
“De modo prático, desmistificamos hábitos do mosquito e a pouca efetividade de certos produtos utilizados no dito popular para repelir o inseto, que na prática servem de modo paliativo ao invés de eliminá-lo efetivamente. Foi orientado o uso de salmoura na porção de duas colheres de sal por litro de água para cada ralo das residências, o cuidado com qualquer local que possa reter de água parada nas residências, desde o chão até o trilho do box. Falamos do compartimento do degelo das geladeiras, sendo orientado o uso de detergente naquele local e água sanitária nos banheiros. Foi estimulado aos ouvintes a abertura das residências para a visita dos agentes de endemias e principalmente a necessidade de tornar rotineiro o tratamento de ralos, calhas, vasos de planta e principalmente bebedouros de animais, que devem ser sempre lavados com intervalo mínimo de uma semana (nas últimas avaliações larvárias foi o criadouro de maior proporção para o nascimento do mosquito nos imóveis)”, comentou Diego Palmieri, da SMS.